sábado, 24 de julho de 2010

Eleições 2010 - Em quem você vai votar?

Oi galera...

Hoje vim compartilhar com vocês o desejo íntimo de fazer alguma coisa nessa eleição. Algum movimento em defesa de ideologias políticas que levassem nosso país pra frente. Dos candidatos à presidência que disputam essa eleição, apenas um me inspira a fazer isso: MARINA SILVA. É a mais preparada, competente, honesta, humilde e comprometida com a integração entre crescimento econômico e a preservação ambiental, garantindo ao país um desenvolvimento equitativo e sustentável frente aonovos desafios do sóculo XXI. Ela é a única capaz de conseguir alavancar a educação básica, salvar a amazânia e contiar erradicando a pobreza, não deixando de lado o crescimento econômico do nosso país. Pensando nisso, procurei na internet um texto que explicasse detalhadamente porque devemos votar em Marina nessa eleição, e olhem o que eu achei:

http://www.abril.com.br/imagem/marina-silva436.jpg

Em quem eu voto


Muitos amigos meus me perguntam porque e como eu não vou votar na Dilma e se eu prefiro o SEEEEERRRRAAAA????? Pois hoje resolvi respondê-los.

Não voto na Dilma porque ela é do PT e o “pragmatismo” petista tem sido muito mais odioso do que o “esqueçam o que eu disse” do FHC. Um partido que representava o sonho de uma política mais limpa, um partido que deveria se aliar com a esquerda ou, no máximo, com um centro esquerda como um PSDB da vida, jamais poderia seguir uma política prostituída como a do atual PMDB. O PT, a meu ver, não deveria ter o direito de sentar-se à mesa com Sarney, Edson Lobão, Renan Calheiros, Fernando Collor e semelhantes. Muito menos articular com essas figuras para que elas mandem no Congresso Nacional de forma tão explícita como nem no FHC mandaram. Essa simbiose é imoral.

Não voto na Dilma porque ela é do PT e esse partido não fez ABSOLUTAMENTE NADA pela educação em seu governo. Se criar condições para a proliferação de Faculdades em todos os lugares ao ponto de gerar uma profunda crise no setor é tudo o que o PT ofereceu nesses oito anos, eu realmente posso dar nota zero para ele no quesito educação, um dos que ele mais defendia. Para mim, o PT teria que investir na educação básica de qualidade com muito dinheiro e seriedade. Somente quando o mais pobre tiver condições de disputar uma vaga na Federal com o mais rico a educação pública poderá ser chamada de decente. E o PT sabe(ia) disso. Emancipar não tem sido o principal objetivo do partido, será por quê?

Não voto na Dilma porque não sei quem ela é. Quando falo isso, me repreendem duramente falando que ela é uma figura ilibada, com uma grande história política de resistência na COLINA, no VAR Palmares, etc. Diante disso, faço várias observações, dentre elas, que são inúmeras, destaco apenas três: a) pergunto detalhes sobre essa história e ninguém sabe me responder, b) não creio que ter sido militante radical de esquerda na década de 70 credencia alguém a ocupar o mais alto cargo administrativo e POLÍTICO do país. Creio que a política é o espaço da visibilidade e a Dilma, por mais heróica, combatente e capaz que seja, ocupa o espaço da invisibilidade, o espaço da anti-política, c) luta política por luta política, a Marina e até o Serra também fazem parte desse balaio e são honestos.

Frente a esse impasse, escolho meu voto: MARINA SILVA. Essa, a meu ver, é ilibada, tem uma história de luta tão grande quanto a Dilma, e é afinada com o futuro. Marina Silva seria a única capaz de acabar com a farra gringa e do “terceiro setor” na Amazônia, de promover um desenvolvimento sustentável que traga divisas para o país e para os povos da Amazônia. E que seria capaz de (re)integrar a Amazônia ao Brasil, levando ao norte prosperidade, legalidade, justiça. Não vejo com bons olhos o norte do Brasil ficar na situação em que se encontra. Marina sabe disso e é corajosa.

Mas a Marina não tem partido, não se governa assim, e coisa e tal. Garanto que Marina sabe disso e que é capaz de fazer uma aliança com um grande partido de forma mais decente do que a feita pelo PT (aliás, quem sabe ela não se alia com o PSDB? Seria, no mínimo, humilhante). E a Marina tem visibilidade, ocupa o lugar do aparecer, da política. Eu sei quem é a Marina, que tem uma doença tratada às claras, que é frágil, mas que tem uma alma imensa, do tamanho do meu país. Coisas que ainda não consegui saber da Dilma. E acho que a Marina terá um vice um pouco melhor do que o Temer.

Mais ainda, muitos com quem tenho conversado, dizem que vão votar na Marina. Se começarmos uma campanha de fé e esperança, ela pode chegar bem mais longe do que imaginamos. Isso sim, é uma presidenta que eu teria imenso orgulho, que me faria chorar em sua posse, que seria a esperança do meio ambiente no Brasil e, portanto, de 40% do futuro de nossa nação (os 60% estão nas mãos da educação, área sobre a qual nenhum candidato, nem a Marina, parece ter a mínima idéia do que fazer).

Ah, e só para comparar com o nosso atual presidente, é bom lembrar que Marina era tão ou mais pobre do que o Lula, que ela também entrou na política pela esquerda, só que não se aliou com senadores duvidosos, mas os denunciou. Marina é pobre, mas sabe da importância transformadora da educação e, ao invés de vangloriar-se de não ter estudado, conseguiu, com muita luta, se formar em história. Marina sabe que há vencedores sem diploma, mas é honesta e admite que, entre os vencedores, os com diploma (de qualidade) são imensa maioria.

Voto na Marina! Mulher de biografia linda (e conhecida), mulher com um belo nome, mulher vencedora. Marina, mulher coerente, que largou o ministério porque não poderia fazer nada com ele, que rompeu com o seu partido porque ele se corrompeu ideologicamente. Voto na Marina, que continua acreditando que um governo pode ser decente e que sabe que do uso sustentável do meio ambiente depende o futuro do planeta.

Finalmente, para responder a questão das primeiras linhas, “você prefere o SEEEEERRRRRAAAAA?”, eu digo que não, prefiro a Marina. Mas se não tiver jeito, porque não o Serra? Ele trabalha feito cão, sonha com isso há anos, é do PSDB, que é menos indecente que o PMDB, também tem história de militância e é conhecido, visível, político.

Não voto na Dilma porque sou de esquerda, mas uma esquerda moderna, que vê no cuidado ambiental, no desenvolvimento sustentável, no estímulo à economia solidária, o futuro do Brasil. O nosso turismo, por exemplo, deveria ser feito com base em organizações de economia solidária. Nosso litoral está sendo vendido ao estrangeiro, que não dá o retorno devido às comunidades locais. E Marina sabe muito mais sobre isso do que a Dilma.

Acima de tudo, não voto na Dilma porque não acredito que posso me sentar à mesa com Jesus e Judas, como diz o seu mentor, com quem ela, aparentemente, concorda em tudo.

Mas se a Dilma colocar um vice-presidente decente em sua chapa, fizer-se mais transparente com sua vida pessoal, política e ideológica e me prometer que vai eliminar os atuais caciques do Congresso, refazer o Maranhão e Alagoas, e firmar alianças moralmente decentes para governar, eu até penso em reconsiderar o meu voto. Apesar de Marina soar tão mais belo, leve e doce aos meus ouvidos.

Paulo Vitor de Lara Resende

Professor que foi pego pela marolinha do Lula e que está muito aborrecido com a política e com a educação brasileiras.


Legal né!?

Reflitam bem e não esqueçam: o voto é a principal arma da democracia, não o subestime. Vote com consciência!!!

3 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do seu blog! E obrigado pela honra de colocar o meu texto nele. Espero que sirva para reflexão. Abs
Paulo Vitor

Anônimo disse...

Oi, meu nome é Melvin!
Eu também voi votar na Marina pelos seus princípios e pela sua integridade. Ela é a mais sincera dos candidatos.

..................... disse...

http://www.youtube.com/watch?v=364VvluK23c
Conheça o canal do Serra:
http://www.youtube.com/jserra2010
Ele não tem tempo na televisão, mas online ele mostra as propostas dele e os métodos dele.
Além disso sua história está online também:
http://www.youtube.com/watch?v=XEORM3qcZyo
Serra é o político mais acompanhado pela internet !
Serra é 45 - José Serra é diferente !

Postar um comentário