quinta-feira, 24 de junho de 2010

Dentro de mim

Olá Pessoal...

Estou colocando hoje no meu blog um texto que escrevi há alguns anos, e achei bem interessante. Eu não me lembro sobre o que exatamente eu estava escrevendo, mastenho a impressão que era na vertente espiritual. Boa leitura...

http://3.bp.blogspot.com/_XoQQn8WkJYA/ShdjpdYYzRI/AAAAAAAAA4Y/SaFU1o-eT_c/s1600/vazio.png.jpg

Esquecer do tempo,

E mergulhar na escuridão,

Na incógnita que se espalha pela essência

De uma mente que já não pensa como antes.

O que era certo desapareceu

E uma nuvem encobriu minha razão.

Acreditar é uma tarefa de ourives

Que lapida a realidade e busca a perfeição

que não existe.

Mas eu sei que não posso me deixar levar

Pelos ímpios desejos singularmente intrínsecos

De meu leviano ser.

A luz está muito longe,

E os meus olhos começam a se fechar...

Não posso deixar que o fim aconteça. Não!

Pois eu tenho o Amor do meu lado,

E o seu sangue é tão quente

Posso senti-lo nas minhas veias...

A candura dos seus olhos

são como a inconsistência constante

Do mar que lava a minha alma

E me deixa livre para acreditar.

Já não preciso fazer nenhum esforço

Nem perturbar meus pensamentos com perguntas

Porque as respostas não têm mais valor.

Eu o sinto

E é isso que importa

Eu o sinto

Posso Tocá-lo

Com o meu coração,

com a minha alma,

Com o meu amor.

Encontrei a luz novamente.

E ela está dentro de mim.

2 comentários:

Mariana Mauro disse...

Nossa... Que lindo! Trabalhou muito bem com as palavras. "Acreditar é uma tarefa de ourives" Gostei disso!

Croatt disse...

Poxa, gostei, muito legal esse texto.
Cheio de significados...
Muitas vezes lembrei do passado...
Incrível.

Aliás, gostaria de estabelecer uma parceria?
Eu vou colocar seu logo lá nos blogs parceiros.
Gostei daqui.

Abraços fraternos!

Postar um comentário